O hate é livre? - Briga de fandoms, anti-fãs e outros.

quarta-feira, 29 de março de 2017
A gente sabe que não é de hoje que o hate no kpop existe. Desde os primórdios eu tentando parecer culta, quando as crianças brigaram por ser blackjack e a outra ser sone, ser E.L.F ou V.I.P, e por aí vai, isso infelizmente existe, mas está tomando proporções que chegam a ser absurdas, aí a gente se pergunta do porquê tem gente assim nesse mundo, certo?

Como eu disse, não é de hoje que tem gente infantil no Kpop, e claramente podemos ver isso em vários momentos da nossa sofrida vida de fãs, gente que não sabe que ter opinião própria e ofender são duas coisas completamente diferentes. Antes era tudo discussão "inocente" e que a gente até pode entender de certa maneira, porque era na questão de musicalidade, e não de charts e essas coisas.
Essa coisa começou a ficar tão ridícula atualmente que as vezes dá vergonha de falar "eu sou kpopper". A gente pode ver que quem faz não merece ser chamado de fã, pois eles fazem isso pois se sentem prejudicados de alguma forma, e a única forma (pelo menos do modo que eles veem) é atacando o fandom dos outros.

Tem casos horríveis (alguns no KPOP NOW), desde o icônico Black Ocean de SNSD até ataques diretos aos idols, tentando prejudica-los de alguma forma. Um caso recente e que eu me lembro com mais facilidade foi os ataques online de fãs de EXO (EXO-L) e BTS (ARMY) e até mesmo a tentativa de Black Ocean pra BTS e Seventeen no MMA 2016 (que graças a Deus teve outros fandoms que ajudaram a não acontecer), e quem acompanha o allkpop vê que tem sempre um absurdo pra cada dia do ano.

A gente (principalmente pra quem tá nessa vida a mais tempo) vê que a indústria do Kpop não é fácil e muitas vezes injusta, e tem pessoas que estão aí por puro prazer de prejudicar alguém. Nós vemos que na Coreia esse hate todo é mais claro, por eles estarem mais próximos aos artistas e serem muito fanáticos, mas os fãs internacionais (tirando uns e outros) buscam ao máximo dar amor e demonstrar seu afeto pelos grupos e pelos outros fandoms também, é todo mundo uma grande união.

Eu, sinceramente, não vejo o porque de tudo isso. Quando eu não gosto de um artista (digamos que a Hyuna, que é uma das mais criticadas e eu não sou muito fã também), eu simplesmente não ligo pra ele, ao invés de mandar bombas e tentar envenenar até matar o ser; todo mundo tem o direito a ter sua opinião, mas tem uns que acham bonito tentar crescer em cima de alguém, tanto na indústria como na vida também. Acho que tudo tem seu limite, e com certeza alguns kpoppers já estouraram ele a muito tempo.

2 comentários

  1. Oiee Kim, tudo bem?
    Desculpa por não aparecer no seu blog! ><

    Digo com siceridade que não curto muito os fãs por isso, se eu virar famosa ou para ser famosa eu não babaria ovo pra eles. Eu sei, sou muito chata mesmo.

    E concordo o que vc escreveu, se não gosta da ídolo-X, não gosta e pronto, já matou o assunto. Não adianta ficar perdendo tempo infernizando a vida alheia e ainda mais humilhar a pessoa para tentar passar por cima deles. Nesses haters são pé no saco desde que existiu...

    Kiss

    Tsuki no Shita
    Tmatcha Tea.

    ResponderExcluir
  2. Falando nisso, que lay bonito! Adoro esse estilo clean *w*

    ResponderExcluir

Olá!

Todos podem se sentir a vontade para comentar, dar sugestões, dicas e afins.
Não comentem apenas para divulgar o seu blog, lembre-se que se quiser divulga-lo basta comentar algo sobre o post em questão, ficaremos felizes em conhecer novos blogs.
Para pedir parcerias entrem em contato pelo Facebook do blog ou pelo email (coisinhasorientaisblog@gmail.com).

Sejam felizes e voltem sempre ~\OuO/~

 
Desenvolvido por Michelly Melo.